08/04/2013

Chegada em Madri

Bem,  confesso que a chegada em Madri, me trouxe apreensão...  Nós brasileiros temos muitos relatos de pessoas que não conseguem entrar na europa e são deportados... Encarar pela primeira vez uma aduana, diante desse histórico e depois de tanto tempo esperando, foi "tenso". Sem nenhuma palavra no idioma local, vamos que vamos...  ao encarar o guarda,  olhou,  mediu...  viu um passaporte zerado e logo perguntou "Que quieres em Espanha? " Bem, de cara... "Vim fazer o Caminho de Santiago" , a guarda da guarita ao lado pergunta... "Irá iniciar de onde ?"... (mostrando que conhecia o tema), e sem pestanejar... Saint Jean - França...Carimbou,  e  pronto uma das maiores de minhas preocupações ficaram pra trás...

                      Juliano,  sem a ajude dele estaria perdido
O Caminho e seus mistérios...  compartilhando,  pesquisando,  acabei por chegar no nome de um brasileiro residente em Madri, (Juliano), que aqui está estudando...  foi muito atencioso e meu disse que estaria no aeroporto (aliás,  uma cidade de tão grande), más como sempre... disse a ele apenas o número do vôo, não combinei mais nada...  ao chegar lá  estava o rapaz,  a me esperar no saguão.

Me ajudou a sair de lá,  e fomos a estação de Chamartin,  e para agradável surpresa o próximo trem estava cheio...  teria que dormir em Madri. Com a experiência dele,  encontramos um Hostel, que meu serviu de base no primeiro dia, próximo da estação de trem. sem dúvida sem a ajuda desse "futuro peregrino" (que faria o Caminho Português em algumas semanas), certamente teria mais problemas até me encontrar... (é bom ser ajudado quando se precisa - Lição número 1).


Estação "CHAMARTIN (Renfe)"
Graças a boa vontade dele,  conheci o centro de Madri com suas praças e monumentos... tudo novo e diferente para quem nunca havia saído do país... era inacreditável a sensação de estar tão longe, de ter iniciado algo que nem após 15 horas eu acreditava que estava começando. Combinamos pela manhã, perdi a hora e mais um trem o segundo irá chegar duas horas mais tarde que o previsto....  mas tudo bem,  lições aprendidas. (ao chegar em Madri,  tenha sempre um plano B), para os casos de  atrasos... Aceitei o convite e participei da minha primeira missa na Espanha,  (em Latin),  com cantos gregorianos... Bem diferente e apesar de nada se entender os cantos trazem muita paz (apesar do cansaço), fechei bem esse dia...

O bom foi começar o segundo dia,  já perdendo o trem para Irun,... mas tudo sobre controle,  estou no rumo de conseguir chegar em SJPP ainda no dia esperado. Agradeço muito ao Juliano,  sua atenção dispensada,  foi literalmente o primeiro anjo do Caminho...  e dele veio a tão esperada expressão (em terras espanholas)... "Buen Camino"...


Palácio Real (Segundo me disseram, o maior da Europa)

Uma das praças do centro de Madri
Plaza Mayor - Palco de muitos eventos da capital espanhola

Plaza Mayor