24/04/2013

16º Dia ( 24/04/13 ) - Carrion de los Condes X Teradillo Del Templarios

Resumo da Etapa


E a caminhada avança...  Superado 50% do Caminho quando chegamos em Boadilla del Camino, a sensação muda um pouco... pois agora comecei a ter uma noção do quanto já caminhei e isso traz uma sensação de satisfação muito grande pois nem eu mesmo estava CONFIANTE quanto a consegui caminhar tanto...  Más graças a DEUS aqui estou, seguindo em frente.

Em Carrion, logo na entrada da cidade fomos recepcionados pela GRANDE FIGURA do caminho RAMON... que nos sugeriu o Albergue Espiritu Santo, segundo ele uma indicação de outro VETERANO no caminho também, que sempre fica nesse albergue. Olha, sinceramente uma SÁBIA DECISÃO... um convento muito limpo, organizado com duchas maravilhosas, e acreditem WIFI livre ( num convento ???) pois é a tal era da informática está disponível para todos...  sinceramente uma estadia muito agradável e que nos proporcionou um descanso mais que merecedor, deixo a dica pra quem estiver interessado

(Albergue - Albergue-Espiritu-Santo)


Carrion, pela manhã
Saimos CEDO de Carrion, a noite ainda dominava o céu, rumo a Terradillo, o traçado agora avança "Mesetas" a dentro...  (paisagens singulares, com sua beleza e monotonia,  por longas extensões de terra em planície que nos fazem caminhar por horas a fio, sem quaisquer mudanças), sem dúvida mais uma "prova" do Caminho a quem por ali passa. Como se diz por aqui, constatei na prática... é justamente nesse ponto do Caminho que os pensamentos ficam de fato ao nosso redor, nos visitam e se tornam constante  companhia... 



Procurando um "lugar" na trilha...
Faz sentido,  pois estamos caminhando em linha reta,  numa planície um vai e vem de idéias constantemente nos visitam, e temos ainda o diferencial de termos grandes distâncias entre pueblos (hoje chegamos a 17km, sem qualquer coisa a nossa frente), isso é mais que um teste, mais que uma prova,  mescla-se cansaço,  ansiedade e demonstração de nosso poder de superação pois sem um passo após o outro não fazemos o Caminho (análogo a nossa vida). Aqui é importante estar atento quanto a água...  pode-se passar sede.



Demonstração da SINGULARIDADE do Caminho


Pontos de descanso, estrategicamente distribuídos


E vem reta
E mais reta



A interação entre Peregrinos, é constante


Visão 180º de um dia perfeito para caminhada

Apesar de cansativo,  gostei sem dúvida um  momento único do Caminho, que apesar dos esforços também deixa saudade. Seguimos até Terradillo de Los Templários, apenas duas opções de albergues na cidade, passamos pelo primeiro e optamos o albergue Jaques de Molay ( jaques-de-molay ),  boas acomodações quanto a quartos para poucos peregrinos, e um bar muito bom em seu jardim, conseguimos 01 aposento onde todo grupo ficou junto... mas restaurante ficou a desejar naquele dia ao nos servir "Batatas com Carne" (fica a dica), o jeito foi dormir pra reunir forças para o dia seguinte, e dormir com os alemães vibrando com o final da Liga dos Campeões... próximo post, detalhes quanto a essa parada.