01/05/2013

23º dia - ( Dia 01/05/13 ) - Foncebadon x Ponferrada

Resumo da Etapa




Entrada de ...
Bem,  saí com  "Meu Caminho" basicamente com alguns pontos onde gostaria muito ou de visitar, ou até mesmo pernoitar... Assim foi com FONCEBADÓN, quem em nada de diferente nos oferece, más que na somatória do conjunto, foi um "MARCO" em meu caminho. A chegada até aqui, debaixo de garôa que se transformou em "NEVE" de primavera, em muito foi diferente... a transição da paisagem,o clima absolutamente TUDO foi muito diferente e com certeza de fazer valer a decisão que aqui ficar.  



Albergue Monte Irago
Como estávamos com nossa amiga Yvonne (vegetariana), optamos pelo albergue privado ( albergue-monte-irago ), que foi uma FELIZ DECISÃO pois nos foi informado que ali poderia se dispor de refeição vegetariana, oque para nossa amiga estava fazendo falta (depois de repetitivas saladas, e tortillas), enfim ela poderia saborear algo mais elaborado...  Más por uma falha de entendimento não ocorreu, e ela foi considerada no grupo dos carnívoros...(rs), más no final tudo se ajeitou e nosso hospitaleiro "ROBERT DE NIRO", em um passe de mágica apareceu com uma opção que também a agradou...  Bem, dessa vez optamos pela refeição no Albergue já que nevava com intensidade e aparentemente não teríamos opção em Foncebadón, e fomos surpreendidos com um Menu MUITO BOM (PAELLA FRANGO), que simplesmente foi a melhor que experimentei em todo Caminho...  


A tal imagem, que vale mais que mil palavras... (Paella by Robert de Niro)

Ambiente mais que acolhedor no Albergue
Nosso jantar foi além das 22:00hs, pelo menos 30 peregrinos alí estavam, e tivemos assunto enquanto as jarras de vinho estivesses cheias...  e com isso mais a lareira acesa a noite toda contribuiram para uma excelente noite de sono...

Posso com toda segurança dizer que "aprendi" a pensar como Peregrino em Boadilla del Camino, ao ler um cometário de um outro peregrino que me escreveu aqui no BLOG..."Vá devagar, aproveite cada passo, cada bar, cada descanso", pois o Caminho passa rápido e sentirá falta, bem aqui em FONCEBADÓN a teoria se fortalece... após o Jantar quando os hospitaleiros arrumavam as mesas já para o café do dia seguinte, parei por alguns momentos e a prosa rolou solta com um deles que nasceu em MOLINASECA... a mensagem foi a mesma... PEREGRINO TEM QUE ESTAR NO CAMINHO... e não apostando corrida para em um albergue chegar e ficar na Internet, acho que é por essa razão que o albergue aqui não incentiva o tal WI-FI que é febre no Caminho...  Bem, hoje parando e pensando reflito que poderia si ter ido mais D E V A G A R ...
O despertar foi lento... sair pisando outra gélida manhã, rumo a Ponferrada (provável destino),más antes tendo as mais belas paisagens de uma manhã diferente de primavera, e passando pelos ícones do Caminho CRUZ DE FERRO e MANJARIN.

Cruz de Ferro (1º imagem)
Saindo pelos Campos cobertos de neve,  trazendo uma paisagem indescritível. E assim foi,  ansiosamente até a Cruz de Ferro (exatamente como a imaginei), ali deixa-se oque não se deseja mais carregar durante seu Caminho,  e assim o fiz.


Bem,  os passos eram lentos,  completamente fora do normal pois não queria deixar de aproveitar um passo sequer daquele caminho,  sem que tudo fosse contemplado ao máximo, e acabei descendo pelas trilhas em vários momentos SOZINHO, vagarosamente até avistar  Molinaseca em ritmo lento,  quase parando pois a cada curva tinha uma surpresa até a paisagem mudar gradativamente de Campos Nevados, para bosques esverdaeados...

Não consigo expressar oque ví,  em plena primavera uma paisagem como aquela no ponto mais alto de todo Caminho,  sem duvida algo pra ficar marcado...

Apenas as imagens são capazes de traduzir...


Ao sair do Albergue
Manhã chegando
Foncebadón semi-abandonada 
Presente na Primavera



Foncebadon Ficando...
Cruz de Ferro Chegando
Caminhando pelas trilhas

Eu, Cruz de Ferro e Peregrinos

Pra ficar registrado
As trilhas


A paisagem
Tudo trasnsformado
Numa paisagem realmente inesperada, um "presente"
Compartilho e em muito "pedi" ao ler um recado Peregrino no Albergue deixado...
Transição...
El Acebo de San Miguel
Catanheiras, idae aproximada 800 anos