02/05/2013

24º dia ( 02/05/13 ) - Ponferrada X Villafranca Del Bierzo

Resumo da Etapa




Perfil da Grande Descida
Bem,  ainda sob efeito das imagens e emoções da chegada a Cruz de Ferro,  e  descida  montanha abaixo, passando por Manjarin, Molinaseca até a chegada a Ponferrada, nem me dei por conta do tempo ou cansaço... percurso foi anestesiante (apesar de longo e difícil). A chegada em Molinaseca foi muito legal, descendo uma alameda nos deparamos com um Rio, e eis que a margem deste antes mesmo de termos uma visão clara, pude perceber que meus amigos alí estavam...  Em nosso Caminho, isso se tornou algo previsível e até mesmo que completa a jornada diária... reencontrar os amigos.

Descida de Foncebadón
Chegando em Molinaseca
Canto inferior direito, Markus e Jennifer, nos aguardam a beira desse majestoso vilarejo (Molinaseca)

Depois de juntarmos ânimo, demos entrada em Ponferrada pelo caminho mais longo (o oficial) uma outra cidade GRANDE... era feriado de 1º de maio e com isso até as opções para MENU foram reduzidas... por fim, acreditamos em um pequeno restaurante com o selo "Trip Advisor" na janela e nos demos bem... Procuramos  e ficamos no albergue municipal de Ponferrada (Albergue-San-Nicolas-de-Flue), após o tão esperado banho, fomos desbravar a cidade... nos deparamos com o famoso o Castelo Medieval (fechado a visitação). O jeito foi encontrar um bar para esperar o sono chegar... e no próximo dia,  a chegada em Villa Franca (outro ponto em que gostaria de ficar - preferencialmente no Ave Fênix, depois relato).


Chegando a Ponferrada, indícios de cidade grande
O Castelo Templário de Ponferrada

Como nas histórias que ouvíamos, era bem protegido


A incrível imagem... de onde viemos (montanhas em neve Foncebadon, e nosso Albergue em Ponferrada)

Nesse dia precisei ficar até mais tarde, aguardando o comércio abrir... assim o fiz, e digo... é uma AGONIA esperar por algo até as 10:00h da manhã... Seria duro pra se acostumar com isso todos os dias...  Bem,  isso atrasou a minha saída,  más realmente precisava aguardar pelo comércio. Bem com isso mais um dia de caminhada solitário,  oque por vezes se tornou algo normal ,  mas sempre temos pessoas no Caminho, no mesmo IDEAL e logo se tornam conhecidas no Caminho, e nessa hora,  novos amigos começam a surgir...  ao fazer uma curva na estrada,   meio a a plantações de pequenos produtores,  me deparei com um homem,  mancando muito,  mas muito mesmo...  diria que "fora de combate", bem ao escutar a primeira palavra... dele, logo notei era brasileiro o primeiro que encontrei desde o início do Caminho... Havia começado em LÉON estava em seu 6º DIA  de caminhada e quando ele retirou as botas, deu pra sentir de longe o cheiro de CÂNFORA dos medicamentos que ele estava usando... diagnóstico TENDINITE, das bravas... 

Bem,  parei ao lado dele,  estava caminhando a seis dias... Seu nome é  Francisco,  Baiano e também sonhava com o Caminho.  Fiquei com ele até chegarmos a uma praça, depois de conversarmos acabamos por perceber que há muitos dias ele não adotava a reidratação como prática...  falei com ele quanto a importância de se tomar água para evitar tendinite (aprendi isso em Bercianos),  ele acabou admitindo que água não era seu forte. Bem conselho dado, garrafas cheias ele disse que iria parar por um dia,  melhor pra ele, que pediu que o deixasse e seguisse meu Caminho.

Muito importante a água em nossa dieta de peregrino, fica a dica,  o caminho até Villa Franca,  também beirou uma rodovia e pequenos vinhedos... uma paisagem muito bonita em mais um dia perfeito para caminhada, cheguei mais tarde no albergue (Ave Fênix, como eu queria). Encontrei meus amigos e fui direto ao banho (quase frio), não recomendo esse Albergue, próximo post explico.... existem outras opções na cidade.  A cidade é um encanto, fica no fundo de um vale, cercada de montanhas... é a cidade natal do Pai de nosso amigo Ramón, e ele nos aguardava ansiosamente para mostrar aquele que na infância foi seu quintal...


Vi alguns Peregrinos a beira desse grande rio
E mais construções típicas da região
Avistamos Villafrna del Bierzo